Sábado, 31 de Março de 2007

“Torne-se num homo ecologicus. Antes que seja tarde demais. "

 

 

 

Já todos ouvimos falar de “efeito de estufa”, de “aquecimento global” e de “alterações climáticas”.

Aliás, já todos sentimos alguns dos seus efeitos - Verões excessivamente quentes, Invernos excessivamente frios, períodos de seca acentuada, indefinição das estações do ano, etc., etc.

 

Quem é o responsável?

O ser pensante!

Racional!

O ser humano!

Nós.  L L L

 

O dióxido de carbono (CO2)  é um gás, e o principal culpado do efeito de estufa.

 

Mas como se produz o dióxido de carbono?

A emissão deste gás ocorre quando se produz e quando se consome energia, isto é, em todas as actividades do nosso dia-a-dia.

 

É pois urgente combater o aumento do consumo energético.

 

Mas o nosso “progresso” e o nosso “conforto” gastam cada vez mais energia.

E para gastarmos mais, temos de produzir mais, e assim produzimos cada vez maiores quantidades de dióxido de carbono.

 

Então a única solução é fazer o uso mais eficiente da energia -  com menos quantidade de energia obter os mesmos ou até melhores resultados.

É aqui que cada um de nós pode desempenhar um papel muito importante.

Temos nas nossas mãos o poder de salvar o planeta. J J

 

“Cada  kwh de energia que se gasta em cada casa, representa mais de 1 kwh (porque há sempre alguma energia que se perde) que tem de ser extraído, transportado, transformado e comprado.”

 Por exemplo, em Portugal, para produzir 1 kwh de electricidade gastam-se 2,6 kwh de carvão numa central.  “Assim, cada  kwh de electricidade utilizado nas nossas casas representa mais energia do que o valor que aparece na factura”.

 

Podemos dizer que  o uso racional de energia é uma fonte de energia” e muitas vezes até aumenta o nosso conforto e bem-estar.

 

“Cada português envia, em média, para a atmosfera, por ano, cerca de 6 toneladas (6 000 kg!) de gases com efeito de estufa (sobretudo CO2).”

Com pouco ou nenhum esforço, apenas alterando alguns comportamentos e estando mais atentos, podemos reduzir muito essas emissões.

“Por exemplo: se trocar as lâmpadas de casa, desligar as televisões e as aparelhagens quando não está a utilizá-las, e andar de carro menos 1 km por dia, deixa de emitir, num ano, 210 kg de dióxido de carbono!

Está ao seu alcance atingir o grau máximo da evolução humana:

Torne-se num homo ecologicus.

Antes que seja tarde demais.”

 

 

    Fontes:

à 50 ideias simples para salvar o planeta, por Alexandra Rosa, Luís Ribeiro e   Sara Sá-VISÃO 22 de Março 2007.

à Agir por um futuro melhor – PROTESTE Janeiro 2007.

    Dado o interesse destes trabalhos aconselhamos a sua consulta.

 

 

 
publicado por energiaebjosesaraiva às 19:47
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

SABIA QUE...5

 

 

 

A sua casa pode estar a consumir cerca de €10 a €50 por ano desnecessariamente, devido ao standby power?
 
Leia informação neste blog em  "Sabia que...2"
 
 
Evite gastos desnecessários!
Não custa nada!
Basta desligar os aparelhos da tomada!
Vai ver que não dói!

 E você, já confirmou que não dói?

 

publicado por energiaebjosesaraiva às 15:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

DEVEMOS FICAR PREOCUPADOS?

 

 

 

 

Um fórum científico... prevê que a temperatura global média aumentará entre 1,4 e 5,8°C até 2100, em resultado das nossas actividades. Pode não parecer muito, mas durante a última era Glaciar, há mais de 11.500 anos, a temperatura média global era apenas 5°C maIs baixa que a temperatura actual, e isto numa altura em que grande parte da Europa estava coberta por uma espessa camada de gelo!

 

Adaptado de :

http://ec.europa.eu/environment/climat/campaign/climatechange_pt.htm

publicado por energiaebjosesaraiva às 00:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 30 de Março de 2007

Sabia que ... 4

  

Sabia que???

 

Pode poupar até  55% na factura da electricidade se lavar a roupa a baixas temperaturas (40ºC ou menos) e só quando a máquina estiver cheia?!!!

Agir por um futuro melhor - PROTESTE - Janeiro 2007

  

publicado por energiaebjosesaraiva às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

É VOCÊ QUE CONTROLA

Com pequenas acções você pode contribuir para o esforço global no combate às alterações climáticas – e ao mesmo tempo poupar dinheiro na sua conta de energia e aquecimento! Aprenda como com as pequenas sugestões que se seguem.

  • Reduza o nível do aquecimento. Reduzir a temperatura em apenas 1°C pode significar menos 5-10% na conta total de energia do seu lar e evitar até 300 kg de emissões de CO2 por família e ano.
  • Programe o seu termóstato para que, durante a noite ou enquanto estiver fora de casa, a temperatura predefinida seja baixa e, na altura em que acordar ou voltar para casa, a temperatura esteja novamente numa regulação confortável. Isto poderá reduzir a conta do seu aquecimento em 7-15%.
  • Substitua os antigos vidros normais das suas janelas por vidros duplos - isto requer um pouco de investimento à cabeça, mas irá reduzir para metade a energia desperdiçada através das janelas e revelar-se-á rentável a longo prazo. Se optar pela melhor solução que existe no mercado (vidros duplos assentes em estrutura de madeira com vidro de 'baixa emissão' e com gás Argon), pode mesmo poupar mais de 70% da energia perdida.
  • Nao deixe sair o calor sua casa durante um longo período de tempo. Ao arejar a casa, se deixar uma pequena abertura durante todo o dia, a energia necessária para manter a casa quente por dentro durante seis meses de frio (temperatura exterior de 10ºC ou menos) seria praticamente equivalente a 1 tonelada de emissões de CO2.
  • Instale um bom sistema de isolamento. Esta é uma das formas mais eficazes de reduzir as emissões de CO2 e de poupar energia a longo prazo. A perda de calor através das paredes, telhado e pavimento é habitualmente mais de 50% da perda de calor global. Isole os seus depósitos de água quente, os canos do aquecimento central, bem como as cavidades das paredes, e coloque película de alumínio por trás dos radiadores.
  • Mude o seu frigorífico e congelador de lugar - se os colocar perto do fogão ou da chaleira, estes irão consumir muito mais energia do que se estiverem num local próprio. Por exemplo, se os colocar numa cave quente onde a temperatura é de 30-35ºC, o gasto de energia praticamente duplicará, resultando em mais de 160 kg de emissões de CO2 para os frigoríficos por ano e 320 kg para as arcas congeladoras.

    Reduzir a temperatura em apenas 1°C pode diminuir a conta de energia da sua família em 5-10%. Ao mesmo tempo, pode evitar até 300kg de emissões anuais de CO2 por residência.
  • Descongele o seu frigorífico e congelador regularmente. O melhor seria substituí-los por modelos mais recentes com ciclos de descongelação automática e que são geralmente até 2 vezes mais económicos em termos de energia que os modelos mais antigos. Quando comprar novos electrodomésticos (não apenas frigoríficos mas também máquinas de lavar roupa, louça, etc.), escolha os que têm a etiqueta de Classe A+ europeia, o que significa que são muito eficazes - mas compare também o consumo de energia entre os electrodomésticos de Classe A+, uma vez que esse valor pode variar.
  • Tenha cuidado com as regulações - se regular o seu frigorífico para a temperatura mais baixa, não só irá consumir mais energia, como os alimentos correrão o perigo de não ficarem tão frescos durante tanto tempo, pois poderão estragar-se devido a ficarem congelados.
  • Evite colocar alimentos quentes ou mornos no frigorífico. Poupará energia deixando-os arrefecer primeiro antes de os colocar no frigorífico.
  • Verifique se a água está demasiado quente. O termóstato do seu termoacumulador não tem de estar regulado para mais de 60ºC. O mesmo sucede com a caldeira do aquecimento central. Lembre-se que 70% da energia utilizada nos lares da UE é gasta em aquecimento geral e os outros 14% no aquecimento da água.

           Extraído de

           http://ec.europa.eu/environment/climat/campaign/turndown_pt.htm

        

          CALCULADORA DE CARBONO

          Determine os seus gastos de carbono

            http://www.mycarbonfootprint.eu/pt/

publicado por energiaebjosesaraiva às 23:51
link do post | comentar | favorito

QUANTO CONSUMIMOS?

1 665 201 570 Kw/h

Esta é a  quantidade de energia eléctrica que o distrito de Leiria consumiu no ano de 2005. Basta que apenas metade desta energia seja proveniente de combustíveis fósseis para que este consumo tenha representado a emissão de mais de 416 mil toneladas de CO2. Para consumir esta quantidade de energia, um ferro de engomar teria de estar ligado durante 127 mil anos.

 

in Jornal Região de Leiria, Directório do Ambiente, 30 de Março 

publicado por energiaebjosesaraiva às 19:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Março de 2007

SABIA QUE...3

    Sabia que???

Mais de mil milhões de pessoas ainda não têm acesso a água potável?

publicado por energiaebjosesaraiva às 16:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

ÁGUA SEM FRONTEIRAS

 

     A ÁGUA não tem fronteiras.É um bem comum que impõe uma cooperação Internacional.

                                                          ( Carta Europeia da Água)

0001t0gk

                  

          Não há vida sem Água.  A Água é um bem precioso indispensável a todas as actividades humanas.

                                        ( Carta Europeia da Água)

 

0001shpc

 

Os recursos hídricos devem ser objecto de um inventário.

   ( Carta Europeia da Água)

 0000dqsc

(luftfeuererdeundwasser)

 

 

 

publicado por energiaebjosesaraiva às 00:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 28 de Março de 2007

PEGADA ECOLÓGICA...2

 

       O que é a Pegada Ecológica?


                      Com base no trabalho de Luís Ribeiro

                          Visão - 1 de Fevereiro 2007

 

 

          Cada um de nós, no seu dia-a-dia, provoca um determinado impacto no Planeta.

                Os produtos que utilizamos, as embalagens que escolhemos, a forma como

      nos  deslocamos, a quantidade de  resíduos que produzimos e até o tipo de

      alimentação que consumimos, gastam  determinada porção de recursos naturais.

 

·         O planeta Terra só tem 1,8 hectares de área biologicamente produtiva por pessoa.

 

·         Nós, os Portugueses, precisaríamos,  em média, de 4,5 hectares por pessoa, para mantermos o nosso estilo de vida!

 

·         Isto é, se toda a população mundial fizesse os mesmos gastos que os portugueses, seriam necessários 2,5 planetas Terra para todos poderem alimentar-se com toda a nossa comida, ligar todos os nossos electrodomésticos, ligar os nossos aparelhos de ar condicionado, os nossos aquecedores,  acelerar em altas velocidades os nossos potentes carros levando um só passageiro e misturar, no nosso enorme saco de lixo, garrafas e garrafões, latas e bidões,  cascas de fruta e restos de alimentos,  sacos e embalagens, papeis de embrulho e fitas de enfeitar, as roupas que rejeitamos, etc. etc.

 

 

·   A Pegada Ecológica representa a área de terreno produtivo (terra e mar) necessária para produzir todos os recursos necessários e assimilar todos os resíduos produzidos por um cidadão ou por uma determinada população.

 

·   É a quantidade de “Planeta” de que determinada pessoa (ou determinada população) necessita para manter o seu estilo de vida.

 

·   O planeta em que vivemos é pequeno demais para produzir todos os recursos necessários para mantermos o padrão de vida actual.

 

·         Estamos a destruir o planeta a uma velocidade que ultrapassa largamente a sua capacidade de repor as condições de  vida.

 

                                                                   

 

           Se não  alterarmos os hábitos de consumo corremos o

risco da “Pegada da Humanidade” esmagar a Terra que a sustenta.

  

 

 

 

 

publicado por energiaebjosesaraiva às 00:31
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Março de 2007

PEGADA ECOLÓGICA...1

 

                         Sabe o que é a Pegada Ecológica?

00015344

 (http://www.esb.ucp.pt/gea/myfiles/pegada/calcula.htm)

 

 

 

 

publicado por energiaebjosesaraiva às 23:58
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Contactos:

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13

17
18
21
22
23

24
25
26
27
29
30


.posts recentes

. Mudança de ambientes

. Energia ... sempre

. Concurso de Desenho

. É URGENTE!

. Ande mais a pé, de bicicl...

. O PROJECTO É PARA TODOS.....

. VISITA DE ESTUDO À VALORL...

. Defenda as florestas e os...

. AQUECIMENTO GLOBAL_NOTÍCI...

. REFLEXÃO... de uma profes...

. DIA ABERTO NA EB JOSE SAR...

. Coloque as embalagens no ...

. O PROJECTO NA FEIRA DA B...

. PALESTRA SOBRE ENERGIAS R...

. Dia Mundial do Ambiente

.Arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.Tags

. alterações climáticas(4)

. aquecimento global(2)

. biodiversidade(1)

. compostagem(3)

. comunicação social(3)

. concurso(1)

. concurso de fotografia(1)

. desenvolvimento sustentavel(3)

. dia comemorativo(7)

. divulgação(17)

. eficiência energética(10)

. energias renovaveis(13)

. evolução(1)

. poema(11)

. protecção do ambiente(6)

. reciclagem(11)

. sabia que...(15)

. sensibilização(24)

. tília(1)

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds