Quarta-feira, 11 de Abril de 2007

AQUECIMENTO DO ÁRTICO...

 

Aquecimento do Ártico poderá libertar lixo tóxico

O Ártico é um grande oceano congelado com muita vida animal e rodeado de lindas paisagens.

É uma das últimas fronteiras da terra.

 

O aquecimento global vai prejudicar a cultura de povos caçadores do Ártico, derreter o gelo polar e, talvez, libertar o lixo tóxico que hoje está depositado no "permafrost", a camada de terra congelada. As afirmações fazem parte de um estudo da Organização das Nações Unidas divulgado nesta quarta-feira.

 

 

O trabalho, que apresenta os detalhes regionais de um estudo global divulgado no dia 6 de Abril, em Bruxelas, também afirmou que os stocks de peixe do Ártico e as florestas podem ser afectados pelo Aquecimento que acontece na região Ártica a um ritmo que é quase o dobro da média global.

 

(notÍcias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI1526034-EI8278,00.html - 16k )

 

 

 

 

 

 

 

0002hcyp

 

( Oceanográfico / Valência)

 

publicado por energiaebjosesaraiva às 23:33
link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Abril de 2007

CUIDADO!

 

Segundo a REVISTA VISÃO de 22 de Março de 2007

- Cada português envia para a atmosfera, por ano, cerca de seis toneladas de gases com efeito de estufa, principalmente CO2, o principal culpado pelo aquecimento global.

- Um lar português gasta, em média, 1800 kWh de electricidade por ano, o que corresponde a 900 quilos de CO2. Uma grande parte dessa energia desaparece pelas frinchas das portas e janelas.

 ainda segundo a mesma Revista

- A temperatura média, em Portugal Continental, subiu 1,5ºC, nos últimos 30 anos

- No século XX, o aumento do nível do mar na costa portuguesa foi de 15 centímetros

ISTO NÃO É MENTIRA

 

Fonte: Visão nº 733 de 22 .Março. 2007

http://visao.clix.pt/default.asp?CpContentId=333112

publicado por energiaebjosesaraiva às 11:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 31 de Março de 2007

DEVEMOS FICAR PREOCUPADOS?

 

 

 

 

Um fórum científico... prevê que a temperatura global média aumentará entre 1,4 e 5,8°C até 2100, em resultado das nossas actividades. Pode não parecer muito, mas durante a última era Glaciar, há mais de 11.500 anos, a temperatura média global era apenas 5°C maIs baixa que a temperatura actual, e isto numa altura em que grande parte da Europa estava coberta por uma espessa camada de gelo!

 

Adaptado de :

http://ec.europa.eu/environment/climat/campaign/climatechange_pt.htm

publicado por energiaebjosesaraiva às 00:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 15 de Março de 2007

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

          Estando as ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS na agenda das preocupações ambientais, tomamos a liberdade de reproduzir na íntegra uma notícia saída no DIÁRIO DE NOTÍCIAS. 



" Novo relatório sobre o clima traça cenário dramático para a Europa
Rita Carvalho 
 

As vozes dos cientistas já tinham badalado as más notícias através dos seus relatórios. Inundações súbitas na Europa, fome e secas em África, menos neve na América do Norte e violentos fogos florestais na América Latina. Mas agora é a voz oficial das Nações Unidas a traçar os dramáticos cenários que podem advir das alterações climáticas. Só no Sul da Europa, em 2080, as cheias junto às costas marítimas vão pôr em risco mais 2,5 milhões de pessoas do que actualmente.

As conclusões sobre o impacto regional das mudanças no clima só vão ser anunciadas no dia 6 de Abril, em Bruxelas. Mas ontem a agência Reuters antecipou alguns dados do relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU. E os riscos são transversais a todo o mundo, embora vão afectar de modo diferente as regiões do sul e do norte.

Se nos países europeus do sul, como Portugal, as ondas de calor serão a maior ameaça à saúde das populações, que terão de enfrentar também o problema da escassez de água e o drama dos incêndios
florestais, a norte, o aquecimento global e a diminuição do frio poderão trazer melhorias à produtividade florestal, às pescas e às colheitas agrícolas. Nesta região, haverá ainda um maior potencial hidroeléctrico.

Mas em 2080 o maior problema dos países do sul serão as súbitas inundações, estimam os cientistas da ONU, avisando ainda que o risco se fará sobretudo sentir junto às zonas costeiras

Noutros cantos do mundo, como a Ásia, o derretimento dos Himalaias provocará cheias e avalanches, colocando em risco os recursos hídricos. Mas o impacto da subida do nível do mar e do aumento da temperatura conduzirá também a tempos de seca, piorando a produtividade agrícola e agravando carências.

A fome também será agudizada em África, com a falta de água a perturbar as colheitas e a reduzir a área agrícola disponível. A ONU estima ainda que, na América do Norte, neve menos e no Verão se agrave o problema das florestas, com mais fogos. A sul, na América Latina, a savana poderá substituir a floresta tropical da Amazónia, tornando zonas secas em terrenos desertificados.

Nas zonas polares, continuará o degelo das calotes, com impactos graves ao nível da biovidersidade."
 
(http://dn.sapo.pt/2007/03/15/sociedade/novo_relatorio_sobre_o_clima_traca_c.html)
 
publicado por energiaebjosesaraiva às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Contactos:

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13

17
18
21
22
23

24
25
26
27
29
30


.posts recentes

. AQUECIMENTO DO ÁRTICO...

. CUIDADO!

. DEVEMOS FICAR PREOCUPADOS...

. ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

.Arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.Tags

. alterações climáticas(4)

. aquecimento global(2)

. biodiversidade(1)

. compostagem(3)

. comunicação social(3)

. concurso(1)

. concurso de fotografia(1)

. desenvolvimento sustentavel(3)

. dia comemorativo(7)

. divulgação(17)

. eficiência energética(10)

. energias renovaveis(13)

. evolução(1)

. poema(11)

. protecção do ambiente(6)

. reciclagem(11)

. sabia que...(15)

. sensibilização(24)

. tília(1)

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds